Transição capilar e a mudança interior

Transição capilar e a mudança interior

E ai galerinhaaa, tudo bem com vocês?

Eu estava olhando umas fotos antigas minha, fotos de antes da transição, ou melhor, fotos de antes das químicas. E fiquei pasma com a forma com a qual lidava com meu cabelo.

Ao olhar para as fotos, sinto como se na época tivesse vergonha do meu cabelo. Como se fosse fora do “padrão”.

Ao ver como arrumava meu cabelo pude ver como tinha minha autoestima abalada, como não me sentia bonita com meus cachos, como eu não sabia lidar com o volume, já que passava 1 kg de creme na raiz, penteava ele para baixo, e saia com ele pingando, porque assim ele estava “domado”. Assim que ele secava, sempre tinha uma presilha para prendê-lo, afinal, agora ele estava “armado”.

Notem como meu cabelo ficava assentado, com o excesso de creme. E como não havia volume algum. Pode se perceber que eu nunca havia ouvido falar em Fitagem na vida.

Eu lembro que eu ouvia brincadeiras como: “Seu cabelo é igual ladrão, se não tá preso, tá armado.”, e eu concordava com isso, genteeeeeeeeeeeee, eu mesma tinha preconceito com o meu cabelo, mas não porque nasci pensando dessa forma, mas porque uma sociedade preconceituosa disse que o padrão era ter cabelo liso, e algo que fugisse desse padrão, seria taxado como feio, fora de moda ou cabelo “ruim”.

Por isso, ao olhar essas fotos vi como a Transição Capilar mudou mais do que a estrutura do meu cabelo, ela mudou meu interior, ela me mostrou que eu sou linda com meus cachos, e que não preciso seguir nenhum padrão.

Hoje eu me vejo com outros olhos, me sinto bem, com o frizz, o volume, a definição, ou a falta dela rsrs. Eu sempre pensei que entrar em transição é um ato de Amor Próprio, mais quando vi aquelas fotos pude confirmar isso.

20151129_181945

Oque me deixa feliz, é saber que hoje em dia, graças a Deus, muitas meninas que nascem cacheadas, já nascem se amando da forma que é. Fico feliz, porque elas não vão precisar utilizar das químicas para se sentirem bonitas, e depois percebe que na verdade, elas sempre foram lindas, só não viam isso.

Vou lhes deixar alguns conselhos:

Se você já é cacheada, por favor continue cacheada, você é linda demais assim, afinal Deus não erra nas suas criações.

Se você esta em transição, continue firme, você vai descobrir um mundo novo após essa fase, um mundo cheio de ondas, cachos, frizz, volume, e amor próprio.

E nunca, jamais, em hipótese alguma, faça algo por está na moda, ou porque acham que o seu jeito é feio, ou qualquer baboseira que a sociedade tente lhe impor, você não é igual a ninguém, como diz sua mãe: Você não é todo mundo, literalmente! Seja você mesma, sempre.

Untitled-21

Espero que tenham gostado, e deixe nos comentários o que achou, sua opinião é essencial.

Beijooooos da Má!!!

About

Maysa Araujo

Maysa Araùjo, mais pode me chamar de Mà. Tenho 20 anos, sou estudante de Geografia, e completamente apaixonada por Cristo. Nasci de novo em todos os sentidos, por dentro e por fora!

Related Posts
3 comments
  • Benildes Maia

    Janeiro 13th, 2017 17:41

    Olá meninas, Boa Tarde!! Estou em fase de transição....já faz anos que não dou quimica tipo: hidroxido de calcio ou guadinina...há uma ano dei selante.....fora isso só chapinha mesmo.....como não estou dando nada no cabelo....minha raiz começou a enrolar.....foi ai q decidir parar de vez com chapinha.....estou fazendo cronograma capilar, usando tonicos e etc... ando mais com o cabelo preso...agora aprendi a fazer coquinhos...ficou legal...então é isso.... Conto com ajuda de vcs!! bjussss

    Reply
  • Qééu

    Janeiro 25th, 2016 11:52

    Não existe nada melhor, do nos amarmos do jeito que somos! Antes vivia presa a uma prancha, hoje vivo livre e sem medo *-*

    Reply
    • Maysa Araujo

      Janeiro 25th, 2016 11:56

      Verdade Queu, a amor próprio e a liberdade de sermos nós mesmas, não tem preço!

      Reply

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.