fbpx
Inspirações da semana

Inspirações da semana

Essa semana vamos conhecer mais cinco meninas e suas histórias inspiradoras sobre aceitação e amor próprio. Conheçam as Inspirações da semana, do Desventuras de uma Cacheada.

Solange Gonçalves

inspiração-desventuras-de-uma-cacheada

Desde pequena sempre quis ter o cabelo liso, porque eu achava que só seria bonita com esse tipo de cabelo. Fiz química e me senti bem melhor. Depois de um tempo comecei a ter raiva porque todos falavam mal do meu cabelo, me julgavam sem nem saber o que eu sentia. Decidi parar de alisar e entrei na transição, mas os comentários pioraram. Comecei a entrar em grupos de cacheadas do Facebook e isso me ajudou muito. Agora nem ligo mais para os comentários, mudei tanto depois que fiz o BC! Meninas, se vocês soubessem o quanto é bom mudar e o quanto eu amei ter feito o BC! Eu me amo demais e espero que minha história ajude você que está lendo isso.

Michelle Duarte

inspiração-desventuras-de-uma-cacheada

Sou carioca da gema com muito orgulho! Uma pessoa que ama aprender sobre a cultura brasileira que é muito rica, e isso inclui ler, pesquisar, conhecer lugares! Isso me faz muito bem, isso é o que sou! Gosto de aprender e compartilhar o aprendizado. E aprendi que o nosso exterior deve refletir o que a dentro de nós! A simplicidade pra mim é tudo! Fiz o meu Big Shop há 5 meses e me sinto uma nova pessoa ou como alguém que sempre existiu, mas nunca se viu como realmente é! Comecei por um acaso a assistir vídeos sobre os cuidados com os cabelos foi quando encontrei um vídeo da Steffany Borges do blog Espelho Meu e da blogueira Rayza Nicácio também falando a respeito do amor próprio, sobre como é importante a pessoa se aceitar como Deus fez e assim os meus olhos se abriram e percebi que eu estava presa aos padrões de beleza europeus como se isso é que fosse o certo e sem perceber eu enxergava o volumão do meu cabelo como algo ruim! Enfim a minha relação comigo mesma tendo sido de evolução da minha auto estima, de modo que não sinto mais vergonha do volume dos meus cabelos e estou a cada dia mais fazendo as pazes comigo mesma e me curtindo muito!

Elieth Martins

Helieth Martins

Foram 19 anos da minha vida, acreditando no que os outros diziam sobre o meu cabelo. Diziam que ele era feio, que não balançava, que era muito armado, que era duro, enfim, somente coisas negativas, e eu acreditava tanto nisso, que perdi todos esses anos fazendo química nos cabelos, tentando ter o “cabelo ideal” que me era imposto. Dia 07/05 completou 1 semana do meu BC, após 1 ano e 2 meses de transição, e estou me sentindo LINDA com o meu cabelo crespo, finalmente, dei a ele a oportunidade de ser como ele é, e não como os outros acham que ele deveria ser.

Jéssica Miranda

inspiração-desventuras-de-uma-cacheada

Com apenas 7 anos comecei a usar químicas forte em meu cabelo, e hoje aos 22 quis me libertar ser livre! Há 3 meses fiz o meu BC e estou me amando a cada dia mas. Me sinto feliz e linda com os meu cachinhos. Ser Crespa é maravilhoso!

Samara Lemos

inspiração-desventuras-de-uma-cacheada

Já faz um ano e meio que aprendi a me amar, não só o cabelo, mas me amar por completo. Assumir meus cachos foi uma porta que eu abri pra felicidade, deixei de me entristecer com críticas e preconceitos e passei a praticar o amor próprio. Sou muito feliz comigo mesma, e sou grata a Deus por esse cabelo lindo que Ele me deu. Foi difícil passar pela transição, mas foi necessário, foi onde eu aprendi que o processo de auto aceitação é demorado, mas no final vale a pena. Então meninas, não desistam, vocês vão conseguir. E outra, seus cachos não precisam ser perfeitos, viu?! Vocês são lindas, do jeito que são.

Como participar?

Toda semana, escolhemos 5 fotos que serão publicadas aqui como inspiração da semana. Para participar,  é só comentar a foto oficial da semana lá na fanpage, falando sobre você e sua relação com seu cabelo natural. Coloque uma foto bem linda, que demonstre o quanto você se ama. Você também pode participar pelo Instagram, postando uma foto com sua história e usando a hashtag ‪#‎InspiraçãoDesventuras‬.

Facebook Comments

Ster Nascimento, 22 anos. Gosto do meu cabelo cacheado, do meu descontrole sem pé nem cabeça, do meu 8 ou 80 e da minha zarreza perceptível. As vezes sou um amor de pessoa.

2 Comments

    • Ster Nascimento

      19 de maio de 2016 at 15:31

      Primeiro, socorro né! Declarando mais uma vez meu amor pelo Umbigo sem Fundo (você foi uma das minhas inspirações ao criar o Desventuras.) <3 Sim, cada um precisa saber que acima de qualquer coisa, se sentir bem e se amar é muito mais importante. Passar pela transição, se assumir, é mais uma opção que muita gente ignora por causa dos padrões que a sociedade impõe. Acho que quando alguém passa pela transição, passa também por uma redescoberta. Não é só cabelo, não é só estética. É uma fase de pensar; "_Poxa, eu posso ser linda e me amar com o cabelo natural também!" Essa desconstrução, levanta qualquer autoestima. A sensação de liberdade é indescritível! Muito obrigada por passar por aqui <3 <3

      Responder

Deixe uma resposta